©2018 by Crítica e Diálogo. Proudly created with Wix.com

Cássia Eller o Musical

August 29, 2019

 

O teatro musical vem construindo o seu molde nacional, assim trazendo para os palcos grandes nomes da cultura brasileira. O mais interessante que ao mesmo tempo em que este movimento anda ocorrendo, também renasce com ele profissionais impecáveis que conseguem abraçar essa proposta e elevar o teatro musical nacional. Desprendidos da forma americana de se fazer musicais, o brasileiro trás para a cena o seu tempero e o calor do seu povo. Assim apresentado ícones nacionais das diversas gerações, que despertam em nossas almas a essência da construção cultura do nosso Brasil. Cássia Eller o Musical trás com respeito e amorosidade a essência da cantora que tinha um sonho de estar perto do público com seu violão e sua voz fazendo canção.

 

Cássia Eller antes de tudo era a simplicidade em forma de ser humano. Nunca se tinha tempo ruim. O que se encontrava ao seu redor eram pessoas, comunhão, interação e composição. Os dias que se passaram eram movidos pelo seu desejo de cantar. Talvez esse anseio fazia com que as pessoas que cruzavam seu caminho se tornassem poesia. Essa atmosfera só existia, pois Cássia Eller sabia desfrutar do seu cotidiano e dali produzir reflexões que se tornam canções e melodias. A sua maior dor era a falta de compreensão dos produtores que guiavam a sua carreia. Eles não conseguiam compreender que para ela a família e a música não andavam em caminhos diferentes. Cássia queria ter o amor e as canções ao seu lado, junto disso poder ter seu violão e o público mais perto possível. Na verdade o que ela fazia era colecionar amor e sabedoria, essas que ainda podemos ter o privilegio de sentir, só basta ouvir suas canções.

 

A alma de Cássia Eller é engrandecida e muito bem apresentada neste musical com direção de João Fonseca e Viniciús Arneiro que escolhe trazer essa verdade da cantora e mostrar para todos quem ela era. É lindo ver que no decorrer do espetáculo não se coloca a Cássia Eller com seus “vícios”, se assim podemos designar. Mas vimos à artista, a pessoa, o ser humano e o AMOR chamado Cássia Eller. E profundo essa essência que reflete na criação do musical, a simplicidade toma conta do palco e ali vimos à alma de Cássia Eller ganha voz, narrativa e canção.  

 

O mais lindo de ver neste projeto e que a produção do espetáculo preocupou-se em colocar como protagonista alguém que chegasse ao timbre de Cássia Eller. Tacy de Campos apresenta uma pesquisa musical impressionante, sua voz é tão próxima com a da Cássia Eller, que chega arrepiar. Essa emoção ao ouvir sua voz brindar as letras da cantora, nos faz entender que ali não existe só voz e estudo musical, ali se tem alma. Tacy se permite chegar à essência de Cássia Eller e homenagear a cantora em quase duas horas de espetáculo, assim exaltando essa história e tentando manter viva uma das maiores vozes brasileiras.      

 

O elenco que é composto por Eline Porto, Emerson Espíndola, Juliane Bodini, Jana Figarella, Jandir Ferreira e Thainá Gallo também busca entrar nesta proposta, todos tem uma energia de amor. Amor ao encontro de todas essas pessoas que passaram pela vida de Cássia Eller e que ajudaram a construir a pessoa que ela foi. O mesmo aconteceu com cada um, todos se transformaram ao conhecer a cantora. Existia em cena o humor da vida, as pedras no caminho, os amigos verdadeiros, a inveja alheia, o medo de tentar, o anseio de acertar, a família construída e tantas outras formas de contar.

 

Cássia Eller tinha tanto a contribuir com a arte que iniciou a sua caminhada pelo teatro, mas ela entendeu que a sua voz é que iria provocar novas observações no Brasil. Esse entendimento é colocado com sutileza neste musical que me fez olhar e abraçar as músicas da cantora com afeto. Uma vez entendia que muitas das poesias evocadas pela Cássia Eller eram lindas e marcantes, tocavam fundo, mas nunca tinha a consciência da verocidade que existia por trás de cada letra. Cada canção tem um por que, uma história, uma vida, um sentimento, uma alma. Toda vez que ouvir uma das musicas de Cássia Eller saiba que não é só voz e violão é um encontro, um encontro de alguém com ela, interpretado pela voz da cantora e que se manifesta como canção e amor. Foi assim que ela soube traduzir a sua trajetória e dar um sentido para sua existência. O que ela não imaginava é que seria uma das cantoras que daria alma a cultura de um povo e transformaria uma nação.

 

Foto: Chrisce @chrisce.fotografia 

Please reload

Our Recent Posts

December 10, 2019

December 5, 2019

Please reload

Archive

Please reload

Tags

Please reload