©2018 by Crítica e Diálogo. Proudly created with Wix.com

Quartas Dramáticas

December 26, 2018

 


Quartas Dramáticas é uma renovação em cena. Três companhias se unem – Ato Cia Cênica, Cia Indeterminada e Cia Stravaganza - e resolvem trazer algumas leituras de textos atemporais para conhecimento do público. O texto é o protagonista, nas mãos dos atores, que emprestam suas vozes para engrandecer a narrativa. Usando poucos elementos cênicos, marcações e construção da personagem, a leitura dramática, através da oralidade, amplia a compreensão do público a partir do imaginário.

Em cena via-se atores que resolveram sair das suas zonas de conforto e buscaram uma aproximação com a leitura e estudo do texto. Dessa forma conseguiram ilustrar uma leitura que aproxima o público do texto e permite um entendimento maior das palavras do autor. Nesse projeto Quartas Dramáticas, o ofício do ator somado ao texto que se destaca em cada momento, o folhear do roteiro é como trilha sonora que vai nos surpreendendo a cada página que se acrescenta.
Sem pressa nenhuma, o texto vai ganhando forma e voz nas mãos dos atores, que através de elementos cênicos dão vida ao que foi lido aproveitando o espaço e utilizando pequenas marcações, ilustram essa leitura de forma dinâmica e envolvente. A entrega e a valorização do texto sãos levada a sério do início ao fim, permitindo que todos os atores possam também desenvolver seu oficio com sutileza e propriedade.

Na construção da peça, utilizaram como suporte, os textos do autor Matéi Visniec,- aqui contribuo como participante, pois, estive presente durante este processo - no qual leram Migraaaantes ou Tem Gente Demais Nessa Merda de Barco ou O Salão das Cercas e Muros. Com direção de Matheus Melchionna esses três textos fragmentados em cenas iam se interligando, ao mesmo tempo que respeitaram a individualidade de cada história. Os atores sentados, em cena, com seus roteiros em mãos. A cada nova campainha acionada e a cena anunciada alguns atores tomavam seus lugares cada qual fazendo um personagem. O mais interessante é que, os atores faziam mais que uma personagem e via-se a diferença que o texto exigia de cada um na leitura de cada cena. E com pequenos elementos, como casaco, maleta, latinha de refrigerante, lenços e outros objetos, ajudavam a ilustrar e compor as cenas apresentadas. Diante de nós atores com roteiros em mãos permitindo que as palavras brinquem em seus lábios, como poesia cênica. Dessa forma via-se cabeças movimentando positiva e negativamente, em outros momentos, risadas abafadas e até gargalhadas do público que estava conectado.

Lembro-me que muitas leituras me chamaram atenção. O exercício de ler e reler é exaustivo é através da leitura repetitiva, que encontramos a compreensão e domínio do texto. Ler um roteiro permite conhecer mais da peça, do autor, da personagem e enredo. Quartas Dramáticas é um novo olhar para a cena, que resolve mostrar o processo de envolvimento entre o ator e o texto, essa aproximação consegue, além de apresentar como se processa os primeiros fragmentos para a criação da personagem, como através de um exercício dramático e exaustivo, se dá o estudo do ator, o texto, a cena e o teatro. Um projeto que consegue mostrar uma das camadas da profissão do ator brilhantemente e que valoriza a construção do teatro e a sua valorização.  

Please reload

Our Recent Posts

November 11, 2019

November 1, 2019

October 21, 2019

Please reload

Archive

Please reload

Tags

Please reload